Quem é o responsável pela semântica do conteúdo web?

Postado em: 27 de fevereiro de 2014 - Por: Gustavo Corrêa Alves

Web semântica

O HTML5 trouxe uma variedade de novas tags. Tags essas que auxiliam bastante na semântica do conteúdo de uma página web. Sem falar que você pode enriquecer ainda mais sua marcação com os microdados, microformatos e RDFa.

É relativamente simples assimilar a informação contida numa página estruturada com HTML e pré formatada com CSS quando não se tem nenhuma deficiência, ou quando não se é uma máquina.

Ao olharmos o exemplo abaixo, fica fácil distinguirmos a informação, pois estamos vendo a diferença dada a cada parte da informação.

Este é um Título de nível 3

Este é um paragráfo curto, porém é um parágrafo.

O deficiente visual usando um sintetizador de voz, ou um crawler também não teriam tanta dificuldade, pois usamos a marcação do HTML para dar significado ao conteúdo.

<h3>Esse é um Título de nível 3</h3>
<p>Este é um paragráfo curto, porém é um parágrafo.</p>

É justamente nesse momento que entra a seguinte dúvida: Quem é o responsável pela semântica do conteúdo?

A web semântica ensina a máquina a interpretar, assimilar e relacionar informações através de palavras-chave e palavras relacionadas. Dessa forma, ela aumenta a relevância das buscas e privilegia os melhores conteúdos não apenas pela sintaxe, mas de acordo com seus significados.

O desenvolvedor front-end deve ser o principal conhecedor das tags semânticas, mas será que isso faz dele o único responsável pela semântica da página? Óbvio que não!

A maioria dos desenvolvedores front-end que conheço não são os detentores do conteúdo, nem os criadores do mesmo. Eles costumam receber essa informação de alguém que, dependendo da empresa na qual trabalha, pode ser um redator, jornalista, arquiteto da informação, cliente, etc.

Se tratando de um conteúdo extenso e complexo, por mais que o front-end estude o mesmo, em algum momento precisará recorrer à fonte que gerou tal conteúdo. Somente ela será capaz de demonstrar todas as associações e vínculos, entre a variedade de informação para fazer bom uso da semântica.

Resumindo, a semântica de uma página web é construída através de um esforço mútuo entre os principais profissionais envolvidos.

Leia também