Pequenas e Médias Empresas – O risco de uma estratégia de segurança incerta

Postado em: 21 de novembro de 2013 - Por: Marcelo Ramos

Uma pesquisa conduzida pelo Ponemon Institute realizada com pequenas e médias empresa (PMEs), 100 a 5.000 funcionários, publicada este mês aponta que 58% dos entrevistados relataram que a alta gerência não considera ciberataques um grande risco para suas organizações.

    Estratégia de Segurança

  • Em 31% das empresas não existe uma pessoa responsável pela definição das prioridades de segurança;
  • 33% disseram que não tem certeza se seus negócios foram atingidos por algum tipo de ataque nos últimos 12 meses;
  • 42% relatam ter sofrido algum tipo de ataque;
  • Mais da metade admitiu não estar preparado para lidar com os ataques;
  • Na média 46% das aplicações de negócio críticas são acessadas por meio de dispositivos móveis e 69% dos respondentes experam um crescimento do uso nos próximos 12 meses.

Aliás, dispositivos móveis e BYOD (Bring Your Own Device – quando os funcionários levam seus próprios celulares, tablets, notebooks etc para a empresa) são considerados um problema de segurança segundo o estudo. Isto entretanto não impede o crescimento da adoção de dispositivos móveis. Para lidar com esse risco, os entrevistados indicaram que suas organizações buscam investir em tecnologias como firewalls de aplicativos WEB (WAF), endpoints e softwares de gerenciamento de dispositivos e aplicações móveis.

Larry Ponemon, presidente do Ponemon Institute, diz que as PMEs precisam ter uma ideia sobre os riscos “Os CIOs estão sob pressão para implementar uma nova tecnologia que introduza formas ágeis e eficientes de trabalhar, mas isso não deve ter precedência sobre a segurança. A indústria precisa reconhecer os perigos potenciais de não levar a sério a segurança cibernética e criar sistemas de apoio para melhorar a postura de segurança para PME, ” diz ele.

O relatório completo, “O risco de uma Estratégia de Segurança incerto Estudo da Global profissionais de TI em pequenas e médias empresas”, está disponível aqui (em formato PDF) para download.

Leia também