Carta aberta de Zuckerberg sobre compra do WhatsApp

Postado em: 19 de fevereiro de 2014 - Por: Ana Pimentel

Zuckerberg fala da compra do WhatsApp pelo Facebook

Confira a tradução em português (sem tradutor automático) da carta aberta publicada por Mark Zuckerberg em seu perfil do Facebook sobre a recente compra do WhatsApp pelo Facebook. Veja o original aqui.

“Estou animado em anunciar que entramos em um acordo para adquirir o WhatsApp e que todo seu time irá se unir ao Facebook.

Nossa missão é fazer um mundo mais aberto e conectado. Fazemos isso desenvolvendo serviços que ajudam as pessoas a compartilhar qualquer tipo de conteúdo com o grupo de pessoas que quiserem. O WhatsApp irá nos ajudar a fazer isso continuando a desenvolver um serviço que as pessoas amam usar todos os dias.

O WhatsApp é um serviço de mensagens de celular simples, rápido e seguro que é usado por mais de 450 milhões de pessoas em todas as principais plataformas mobile. Mais de 1 milhão de pessoas se cadastram no WhatsApp todos os dias e ele está em vias de conectar um bilhão de pessoas. Cada vez mais pessoas confiam no WhatsApp para se comunicar com seus contatos todos os dias.

O WhatsApp vai continuar a operar independentemente dentro do Facebook. O plano de ação do produto permanecerá intocado e a equipe permanecerá em Mountain View. Durante os próximos anos, nós vamos trabalhar duro para ajudar o WhatsApp a crescer e conectar o mundo inteiro. Nós também esperamos que o WhatsApp se junte aos nossos esforços na Internet.org, nossa perceria para fazer com que os serviços básico de internet sejam acessíveis para qualquer um.

O WhatsApp complementará nosso chat e serviço de mensagens já existentes fornecendo novas ferramentas para nossa comunidade. O Facebook Messanger é amplamente utilizado pelos usuários para conversar com seus amigos do Facebook, e o WhatsApp para se comunicar com todos os seus contatos e pequenos grupos de pessoas. Já que o WhatsApp e o Messenger servem para utilidades tão distintas, continuaremos a investir em ambos para fazer com que cada um deles seja um ótimo produto para todos.

O WhatsApp teve todas as opções do mundo, então estou emocionado por eles terem escolhido trabalhar conosco. Estou ansioso para ver o que o Facebook e o WhatsApp podem fazer juntos, e para desenvolver novos e ótimos serviços mobile que dêem às pessoas ainda mais opções para se conectarem.

Eu também conheço Jan há muito tempo, e sei que nós dois compartilhamos da mesmo visão de fazer um mundo mais aberto e conectado. Estou particularmente feliz que Jan tenha concordado em se juntar ao conselho do Facebook e ser meu parceiro para moldar o futuro do Facebook junto com o WhatsApp.

Jan e a equipe do WhatsApp têm feito um trabalho incrível para conectar quase meio bilhão de pessoas. Mal posso esperar para que eles se junte ao Facebook para ajudar a conectar o resto do mundo”.

Leia também